terça-feira, 17 de março de 2015

Criar a sua própria Sorte!



O acaso sempre fez parte da vida das pessoas.
Chamamos-lhe sorte, azar, destino, predestinação, sina, coincidência, etc.
Algumas pessoas têm comportamentos que julgam que lhes trará sorte ou evitarão o azar.
Mas, o que eu acredito mesmo é que a Sorte Faz-se!
Há uns séculos atrás achávamos que o mundo era controlado pelo acaso ou pelos deuses.
Era normal aceitar a sorte ou o azar como uma fatalidade.
O nosso destino nem o comendo da nossa vida não estava nas “nossas mãos”.
Era assim, que estava escrito…era assim que estava destinado.
Actualmente, com a evolução da ciência e do conhecimento, percebeu-se que afinal a sorte ou o azar não são “fruto do acaso” e que o destino, afinal, está nas “nossas mãos”, e que o nosso comportamento que temos no nosso dia-a-dia determina muito da nossa sorte ou azar.
Existe, agora, uma maior consciência de que temos “uma palavra a dizer” em relação à forma como os acontecimentos de desenrolam na nossa vida.
Isto levou-nos a mudar de percepção e a mudar a nossa realidade.
“A percepção é a forma como nós percebemos o mundo, e se a nossa percepção é a de que podemos controlar a nossa vida, a nossa sorte, isso significa que podemos olhar para o mundo com a visão de quem afinal também pode ter sorte” – Lúcio Lampreia.
Um abraço
Luísa de Sousa