terça-feira, 5 de maio de 2015

Arrisca, não vais arrepender-te!



Não consegues sair da tua “zona de conforto” por achares que nada vai dar certo? Se te aventurares num sonho que tens à muito tempo podes fracassar?
Afinal o que é a “zona de conforto”?
É o nome atribuído a um conjunto de comportamentos que adoptamos por hábito.
Se estás perfeitamente acomodado com a tua rotina, se não arriscas e aceitas a forma como a tua vida está actualmente, ou se traças objectivos facilmente atingíveis, então estás preso na tua “zona de conforto”.
Queres mudar de emprego porque não estás feliz e não te sentes realizado profissionalmente com as funções que exerces, mas continuas na mesma empresa?
Então precisas de novas experiências e conhecer outras pessoas, porque só o desconforto que isso provoca te dá a preparação para o que está a acontecer.
Acreditas que vais ter um feedback positivo se alterares alguns pequenos detalhes no teu dia-a-dia e na tua forma de pensar.
Para arriscares e saíres da tua zona de conforto, lidando bem com os conflitos, é essencial aceitares a realidade como ela é.
“Não tentes controlar tudo o que te rodeia”!
“Atreve-te a correr riscos e a pisar terreno desconhecido”.
Só assim vais evoluir pessoal e profissionalmente.
E Porquê Arriscar?
A fronteira do que constitui a zona de conforto és tu que estabelece.
E dizes a ti próprio:
Não sou capaz!
Isto não é para mim!
Já não tenho idade para isto!
Não tenho formação, logo não vou conseguir!
Mas é exactamente este tipo de afirmações que deves aprender a evitar.
“Para chegares onde a maioria não chega, é necessário fazer o que a maioria não faz”.
O que deves fazer em primeiro lugar é avaliares a tua vida.
Existe alguma coisa que gostarias de fazer e não fazes?
Existe algum sonho que tens “fechado na gaveta” até que surja a oportunidade?
Em segundo lugar o que deves fazer é AGIR.
Quando te aperceberes estás a fazer um novo “EU”.
A partir daí vais experienciar um sentimento de realização que vai aumentar a tua confiança e auto-estima.
E cada experiência fora da tua “zona de conforto” vai-te dar-te satisfação, felicidade, aumentando, por conseguinte, a tua ambição de querer ir cada vez mais longe.
E, ainda mais importante, aprendes a superar e a desafiar os teus próprios limites! 

Um abraço
Luisa de Sousa
Artigo inspirado em: "O que é a Zona de Conforto" - por Catarina Cruz, Cosmopolitan Agosto, 2014.