segunda-feira, 1 de junho de 2015

Ter o emprego dos seus Sonhos!



Quer acordar cada dia e sentir-se feliz por ir trabalhar?
Levantar-se, fazer a sua higiene pessoal, tomar o pequeno almoço com uma vontade enorme, porque vai trabalhar naquilo que gosta?
É isto que acontece quando trabalha naquilo que realmente oapaixona.
Isto é possível, embora, actualmente pareça uma utopia.
A maioria das pessoas já nem sequer tem “o direito de sonhar” com o seu emprego de sonho!
Dadas as circunstancias económicas de Portugal, com a falta de emprego, acabamos por aceitar o primeiro que aparece, se é que mesmo existe, tornando-se uma “verdadeira violência” aos nossos sonhos.
Assiste-se actualmente a jovens licenciados, que aceitam um trabalho precário, por vezes até humilhante, com imensas horas de trabalho por uns míseros cêntimos, porque a verdade é que não existem por aí empregos que cheguem para todos, quanto mais “aquele emprego” que sempre sonharam.
Mas conseguir o “emprego dos seus sonhos” pode ser mais fácil do que parece….e a oportunidade de passar os seus dias num trabalho que lhe enche a alma e os bolsos existe.
Mas como combinar a sua paixão com a vida profissional? E serfeliz no seu trabalho?
Trata-se de um estilo de vida que está nas mãos de todos mas, por vezes, a parte complicada é descobrir o que é que realmente gosta de fazer.
O segredo de muitos dos empresários de sucesso é conseguir combinar as suas paixões com a vida profissional-Ferreira, M. , 2014 (E-konomista.pt).
Se analisar o percurso da maior parte dos empresários de sucesso, um dos fatores que muitos têm em comum é o facto de conseguirem combinar as suas paixões com a vida profissional.
Ter a habilidade para fazer isto não só garante probabilidades de sucesso superiores à média, como também vai permitir-lhe ter uma vida feliz e equilibrada. 
Quer acordar de manhã, ansioso por começar o dia e ir trabalhar?
Segundo a revista Online E-Konimista.pt (Ferreira, M., 2014), existem algumas maneiras para descobrir aquilo que realmente o faz feliz.
  1. NÃO LIGUE APENAS AO QUE É “COOL”
Esqueça aquilo que toda a gente já está a fazer e esqueça o que os outros podem pensar ou dizer de si. Se, por exemplo, sempre quis aprender a fazer croché, porque não começar agora? Lembre-se que o objetivo principal é encontrar aquilo que o faz feliz a si e não aos outros. É a si próprio que tem de impressionar. 
  1. NÃO TENHA MEDO DE EXPERIMENTAR 
Em muito poucos casos vai descobrir a sua grande paixão na primeira tentativa, por isso, enquanto mais coisas experimentar, melhor. Pode adorar algumas e detestar outras, mas é assim que se vai aproximar daquilo que não se importava de fazer para o resto da sua vida. 
  1. FAÇA MUITAS PERGUNTAS
Imagine que descobre uma área interessante com muitas possibilidades. Neste caso, é importante tentar saber o máximo possível e não ter medo de perguntar. É desta maneira que se vai tornar um expert e, sobretudo, é assim que vai saber se consegue fazer disso o seu trabalho.
  1. JUNTE-SE A OUTRAS PESSOAS QUE PARTILHEM OS MESMOS GOSTOS
Procure conhecidos ou grupos de pessoas que pratiquem a mesma atividade. Para além de ser uma maneira de partilhar conhecimento, também vai ser mais uma fonte de motivação.
  1. SAIBA QUANDO DEVE OU NÃO DESISTIR DE UMA IDEIA
Se, por um lado, é certo que deve dar o seu melhor em tudo, também é verdade que, se vir que aquilo que está a tentar não dá resultados, o melhor é saber desistir. Existem milhões de coisas que pode experimentar, portanto, não vale a pena ficar frustrado se não encontrar o trabalho que realmente o faz sentir realizado à primeira (ou à segunda, ou até à terceira…).
Acredite que, quando encontrar aquela coisa que realmente o faz sentir motivado e na qual não se importaria de investir todo o seu tempo e esforço, vai ser o primeiro a sabê-lo! 
 Eu encontrei o meu emprego de sonho!
Após vários anos a fazer uma actividade que não me sentia realizada, encontrei uma excelente oportunidade ONLINE, um projecto em Internet Marketing, que que está não só a realizar-me profissionalmente, mas também a ter uma qualidade de vida que julguei nunca mais vir a usufruir.
Quer trabalhar comigo?
Um abraço
Luísa de Sousa