terça-feira, 21 de abril de 2015

Os 13 maiores erros dos “Novos Ricos”



Os “Novos Ricos”, na opinião de Timothy Ferris, autor do best seller “4 Horas por Semana”, são todos aqueles que decidem ser empreendedores, que decidiram um dia fazer tudo aquilo que realmente gostam. Sãos os que “reescreveram as regras do trabalho para ganhar tempo”, um tempo de qualidade e um novo estilo de vida.
E na concepção de um estilo de vida melhor, os erros são o aspecto mais importante.
Segundo Tim Ferris (2011), exige “combater impulso atrás de impulso do velho mundo da protelação” da vida baseada na reforma.
Eis alguns descuidos, segundo o autor, que poderemos ter, se quisermos abraças este movimento dos chamados “Novos Ricos”:
1 – Perder de vista os sonhos e cair no trabalho apenas pelo trabalho – todos temos sonhos, mas mas muitas vezes ficamos presos no trabalho e esquecemos o mais importante: qualidade de vida.
2 – Controlar em excesso e enviar e-mails ou sms para preencher o tempo – Estabeleça prioridades, cenários para problemas e regras, e limites para tomadas de decisão autónomas – depois para para a sanidade de toda a gente envolvida.
3 – Tratar de problemas que as suas empresas em outsourcing ou colegas de trabalho podem tratar.
4 – Ajudar empresas em outsourcing ou colegas de trabalho com o mesmo problema mais do que uma vez, ou em situações que não representam crises nem urgências.
5 – Andar atrás de clientes, particularmente potenciais cliente não qualificados ou internacionais, quando tem cash flow suficiente para financiar as suas actividades não financeiras.
6 – Responder a e-mails que não resultarão numa venda ou que podem ser respondidos através de “Perguntas e Respostas mais Frequentes” ou do respondedor automático.
7 – Trabalhar onde vive, dorme ou se devia descontrair – separe os seus ambientes, designando um espaço único para trabalhar e outro para se divertir ou descontrair.
8 – Não efectuar uma minuciosa análise 80/20 a cada duas ou quatro semanas para o seu negócio ou vida pessoal.
9 – Esforçar-se por atingir a infinita perfeição em vez de óptimo ou simplesmente bom quer na sua vida pessoal, quer na profissional.
10 – Empolar minudências e pequenos problemas para um nível desproporcionado como desculpa para trabalhar.
11 – Transformar questões que não são delicadasem termos de tempo, em urgentes para justificar trabalho.
12 – Considerar um produto, emprego ou projecto como tudo o que interessa na sua existência – A vida é demasiado curta para desperdiçar, mas também demasiado longa para se ser pessimista ou niilista.
13 – Ignorar as recompensas sociais da vida – Rodei-se de pessoas sorridentes e positivas que não tenham absolutamente nada a ver com trabalho. A felicidade partilhada na forma de amizade e amor é felicidade multiplicada.

Estes são os maiores erros, na opinião de Timothy Ferris que cometem os “Novos Ricos” quando decidem romper com as amarras de um trabalho extenuante e que rouba muitas horas diárias e se transformar numa pessoa que busca uma melhor estilo de vida.

Espero que este artigo vos tenha sido útil.

Acede aqui à minha nova forma de trabalhar:


Um abraço
Luísa de Sousa